Navegar por categoria

Sem Categoria

Sem Categoria

[Re]Considere – A Festa 2

Debate de Gênero Sem Categoria

O combate à pornografia de vingança seria um fazer Pedagógico?

As novas tecnologias podem ser instrumentos para a prática de velhas violências. Um exemplo disso é a prática da divulgação não autorizada de vídeos, fotos e demais conteúdos íntimos na internet.

De acordo com um levantamento feito pela ONG Safernet Brasil, que monitora violações de direitos humanos na internet, o número de vítimas de pornografia de vingança atendidos pela organização dobrou entre 2012 e 2013. As denúncias são mais frequentes entre jovens de 13 a 15 anos de idade (35,71%) e de 18 a 25 (32,14%), mulheres em 77,14% dos casos.

O assunto vem ganhando visibilidade, sendo, inclusive, tema de uma reportagem especial na Globo News este mês (veja aqui – http://bit.ly/jovemquetevevideointimodivulgado )

Essa violência, que atinge principalmente jovens mulheres, ganha espaço nas escolas, que muitas vezes acabam sendo mais um lugar de humilhação e exposição indesejada. Ao invés de combater o machismo e promover a valorização das meninas, muitas instituições ignoram o problema, reforçando a ideia de que a sexualidade deve ser encarada como tabu.

Debater o tema de forma aberta é o primeiro passo para mudar essa realidade de opressão sexista. O combate ao machismo é pedagógico!

#PornografiadeVingança
#odebateélivre
#DesconstruindoParaConstruir